Buscar
  • vitorfp

Que dor no meu nervo ciático!

Olá. Dr. Vitor Pinho aqui.


Muito provavelmente, se você está lendo esse texto você sente dor no "nervo ciático". Mas será que essa essa dor é realmente do nervo ciático? E, o mais importante, será que existe algum tratamento realmente eficaz para aliviar sua dor? Vou explicar nesse texto alguns pontos sobre isso e te mostrar que sim, você pode se livrar dessa dor.


Você acorda todos os dias e já se lembra de que ela está ali. Ao colocar os pés no chão e caminhar até o banheiro, você percebe que ela acordou junto com você e te acompanhará ao longo do dia. Aquela dor intensa, que sai das costas e irradia muitas vezes até o pé pode ser a famosa dor do nervo ciático.


Mas afinal, o que é o nervo ciático?


Anatomia do nervo ciático

O nervo ciático é o principal nervo das pernas. Ele se inicia na região da nádega e, conforme desce pela coxa e perna, vai se ramificando e emitindo os nervos responsáveis pela sensibilidade e movimento do membro inferior.


Mas se ele se inicia na nádega, como um problema na coluna pode causar dor no nervo ciático?


Na verdade, o nervo ciático se inicia na nádega mas é formado por um conjunto de nervos, chamados raízes, que tem origem na coluna lomb0-sacra. São essas raízes que causam a dor irradiada para a perna. Ou seja, quando um problema afeta esses nervos na saída da coluna lombar, a dor vai se distribuir por toda a coxa, perna e pé, de acordo com a região para onde cada um desses nervos envia seus estímulos, sendo transmitida através do nervo ciático.


Uma das piores dores que você pode sentir

Dor nas Costas

A principal causa da dor do nervo ciático são as hérnias de disco. Quando se formam, elas podem comprimir um dos nervos que está saindo da coluna e formando o nervo ciático. E aqui está a explicação do porque sua dor é tão intensa, como se sua perna estivesse sendo esmagada: é uma dor que vem diretamente de uma lesão do nervo. Sempre digo para meus pacientes: de todas as dores que se originam na coluna, essa é a pior. Uma dor dilacerante.


Mas, para todas as dores, existe uma solução.


Mesmo que pareça não haver solução para essa dor, ela existe. Pensemos nela como um conjunto de medidas e tratamentos que vão ajudar a desinflamar o nervo e, na maioria dos casos, evitar uma cirurgia.


Mas se o nervo está comprimido por uma hérnia de disco, não preciso operar?

Dor do nervo ciático

O mais importante quando estiver em uma crise de dor é procurar o neurocirurgião. Ele será capaz de, através de uma boa conversa e exame físico, fazer o diagnóstico correto da sua dor. Muitas vezes, não é necessário nenhum exame. Às vezes, é necessário realizar um exame de imagem para determinar a real causa da dor.


A partir desse ponto, o tratamento vai ser baseado em três pilares:

  1. Uso de analgésicos e anti-inflamatórios;

  2. Evitar o repouso absoluto (sim, isso mesmo, não fique deitado) e

  3. Evitar perda de função.

Com essas medidas, a maior parte dos pacientes melhoram.


Caso o paciente não tenha melhora satisfatória, podemos considerar a realização de bloqueios ou infiltrações da coluna, que nada mais são do que procedimentos onde as medicações são aplicadas bem próximas ao nervo que está comprometido. Dessa forma, elas podem ter uma ação direta e mais efetiva para tratamento da dor.


A maior parte dos pacientes vai conseguir uma melhora satisfatória da dor do nervo ciático com esses tratamentos. A excessão será candidato a uma cirurgia para descompressão direta do nervo.



O mais importante: após a melhora da dor, deverá ter inicio um acompanhamento para evitar com que essa dor volte a acontecer e todo o pesadelo recomece.


Se você sofre com dor do nervo ciático ou conhece alguém que esteja passando por isso, deve procurar um neurocirurgião. Se tiver qualquer dúvida, por favor, escreva seus comentários nos campos abaixo que terei imenso prazer em responder. Compartilhe esse texto com seus familiares e amigos.


Obrigado e até breve.


42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo